• Kirby - Gourmet Race

A primeira vez que vi o Kirby eu era criancinha, conhecia uns carinhas da escola que jogavam um tal de Smash Bros e dava pra jogar 4 pessoas ao mesmo tempo no computador. Eu não tinha videogames em casa e a locadora que eu frequentava não tinha os 4 controles do N64 então eu achava que isso não existia, eles deviam estar tirando uma com a minha cara (coisa que acontecia com frequência, na escolha eu sempre fui a "that girl") MAS EU PASMEI quando vi que a galera tava fando a verdade e realmente jogavam 4 ao mesmo tempo com umas gambiarras lá que um dos guri fazia. Ele era um gênio das gambiarras e eu jurava que quando a gente crescesse ele ia mexer com TI mas não foi o que aconteceu (apesar dele ainda ser muito bom com isso). Costumávamos jogar com fases random e a fase do Kirby vinha com muita frequência sabe-se lá o motivo. Gourmet Race é tão especial pra mim porque me lembra desses momentos onde eu não dependia de brincar com as meninas fúteis da escola que me olhavam estranho quando eu podia JOGAR SMASH COM OS BROTHER DEPOIS DA AULA. Até hoje jogo Smash com o Yoshi, desde o clássico.

  • Kirby - Ice Cream Island

Eu acho muito daorinha o universo de Kirby porque ao mesmo tempo que é simples você consegue notar as nuances das coisas se prestar atenção no enredo dos jogos (além de ser tudo muito kawaiizudo O QUE EU ADORO). Sempre tive o hábito de assistir gameplay mesmo antes de terem vídeos disso, antes da internet popular, doméstica e acessível, eu ia nas locadoras de videogame assistir as pessoas jogarem porque não me achava boa o suficiente naquilo, parecia exigir muita habilidade. Me divertia, mas eu não tinha confiança o suficiente pra me colocar no lugar do herói de uma história, sabe? Com o passar do tempo eu percebi que jogar também era muito divertido mas minhas mãos cansam rápido, não demorei pra descobrir que jogos de plataforma não eram a minha praia e me apaixonei pelas visual novels logo que descobri o gênero.

Essa track tá na lista porque é uma música do Kirby que SIMPLESMENTE NÃO SAI DA SUA CABEÇA NUNCA.

  • Persona 5 - Last Surprise

Sempre gostei de Persona, conheci Shin Megami Tensei através do Persona 3 e de cara já amei tudo, a mecânica de RPG, os Social Links, a arte do jogo, o enredo, tudo. Amei tudo. Depois que zerei o 3 fui logo atrás do 4 com gostinho de quero mais e não me arrependi, me diverti horrores às custas do Persona 4 TAMBÉM. Mas isso foi em meados de 2010... Eu fiquei tão triste pensando SERÁ QUE UM DIA EU VOU SER ABENÇOADA COM UM PERSONA 5 PRA ME DIVERTIR?????? Me perguntei isso durante anos quando finalmente ouvi que Persona 5 não era um rumor ERA REAL PERSONA 5 ERA REAL AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA E essa foi uma das primeiras músicas do game a se tornar MEGA POPULAR. Pra onde eu olhava nas redes sociais via gente surtando que nem eu porque ia ter Persona 5 e foi uma sensação maravilhosa pra mim, ver um dos meus jogos preferidos ser tão aclamado... então apesar de não remeter à infância essa música me marcou muito (e não tem só valor sentimental, a música é ótima mesmo).

  • Undertale - Death by Glamour

Quem me conhece sabe que eu sou muito fã de Homestuck e o Toby Fox é a pessoa responsável pelas trilhas sonoras de Homestuck. Quando soube que o Fox estava desenvolvendo um jogo eu imaginei quantas músicas maravilhosas ele seria capaz de fazer para a OST e não me decepcionei, Undertale vai ALÉM de uma soundtrack impecável, foi uma gameplay incrível e intensa independente da rota que você siga. Se eu jogar de novo quem sabe escrevo algo sobre minha experiência com esse game. De todos os personagens o que eu mais gostei logo de cara foi o Mettaton, naturalmente fabuloso e, bem... Quem precisa de braços quando se tem pernas assim?

Eu sou o tipo de pessoa que detesta spoiler então aguardei ansiosamente pelo dia de jogar pegando o mínimo de spoiler possível e isso me rendeu uma experiência genocida de primeira viagem com muita dor e remorso quando percebi que o objetivo do jogo NÃO ERA MATAR OS BICHO KKKKKKKKKKKKKKKK conversei com alguns amigos da internet que também estavam jogando e eles me disseram que a experiência é mais torturante quando você faz a rota genocida DEPOIS de já ter se apegado aos personagens na rota pacifista. Até hoje me sinto mal por ter matado o Mettaton e os outros. Se você tem dificuldade em assimilar pontos de vista diferentes do seu, jogue Undertale até entender a mensagem que o jogo quer passar. Vai te ajudar, pelo amor ou pela dor.

  • Yoshi's Island 2 - Bowser

Eu acho a ambientação e a trilha sonora de Yoshi's Island uma obra de arte mas escolhi essa track em questão porque lembra um dos maiores picos de adrenalina que eu tive na infância KKKKKKK além da segunda parte da música (quando o magikoopa faz o bowserzinho ficar grandão com as bruxaria braba) ter um estilo de solo de guitarra que lembra muito as músicas clássicas do Mega Man, ainda lembro da aflição que eu sentia tentando mirar o ovo no Bowser gigante enquanto ele corria na minha direção e o barulho das pisadas dele no chão TUM TUM TUM nossa eu me tremia todinha com o controle na mão. KKKKKKK

Os Yoshi não merecem o que você faz com eles mais pra frente nos jogos do Mário, abandona os coitado, usa eles de trampolim... Já imaginou se pensassem que nem a Rochelle e dissessem que não vão cuidar de nenhum bebê?

Eu vou parar por aqui pra não ficar muito longo mas logo venho compartilhar a parte 2 com vocês.

Gosta de gameplay? Cola lá no meu canal e Vamo Jogar Isso aí! ;)

Ah, e as artes não são minhas não, viu. O crédito é todinho dos artistas. <3